Funcionários são contra retirada de vigilância das novas agências do BB
terça-feira, 16 de agosto de 2022.
A+
A-

Funcionários são contra retirada de vigilância das novas agências do BB

30/06/2022


Medida coloca em risco a vida dos funcionários e dos clientes

A Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB) é veementemente contrária a retirada da vigilância armada e dos equipamentos de detecção de metais nas lojas do BB, novo modelo de agências, anunciado esta semana pelo banco.

“A alegação do banco é que não tem numerário. Porém, o problema não é só a questão do numerário, mas sim a segurança física das pessoas. Não ter um segurança é a mesma coisa de deixar o espaço livre para ocorrer brigas, sem que ninguém possa separar, ou para clientes ameaçarem os funcionários ou até mesmo para roubos comuns, como de celulares e pertences pessoais”, salientou João Fukunaga, coordenador da CEBB.

Para ele, o banco está colocando em perigo não só os funcionários, mas também os clientes. “Qualquer ocorrência é de responsabilidade do banco, desde furtos menores, até alguma desgraça maior que possa acontecer”, completou.

A Comissão cobra do banco a abertura de negociação sobre o tema. “Outros bancos têm lojas semelhantes e todas contam, ao menos, com o segurança executivo. O que o BB está fazendo, é economizar custo. Tira a segurança, diminui o custo e aumenta o lucro”, lamentou Fukunaga.

Compartilhe


NOTÍCIAS RELACIONADAS

BANCO DO BRASIL - 16/08/2022
Campanha Nacional: BB apresenta proposta que pode reforçar assédio moral
BANCO DO BRASIL - 15/08/2022
Funcionários do BB denunciam imobilidade do banco para resolver impactos do Performa
BANCO DO BRASIL - 05/08/2022
BB: negociação de banco de horas e teletrabalho não avança
BANCO DO BRASIL - 03/08/2022
BB: mesa sobre cláusulas sociais é reagendada para sexta-feira (5)
BANCO DO BRASIL - 02/08/2022
Funcionários do BB cobram portas giratórias e vigilantes em todas as unidades
Page 1 of 87 (434 items)Prev[1]234567858687Next